Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Dias Dificeis

Estes últimos dias tenho andado super stressada, irritada, por vezes só me apetece chorar.

 

Tenho a sensação, que toda a gente cobra as coisas de mim e ninguém me dá uma mão.

 

A fase do meu marido dar uma ajuda já passou há muito tempo, a função dele é comer, dormir, e distrair a Adriana, ou então ir para o café, ou enfiar-se nos bombeiros.

 

Para quem não sabe o meu marido é bombeiro voluntário. Quando a Adriana nasceu, ele esqueceu um pouco aquilo, mas á medida que o tempo foi passando, já voltou para lá de novo. Além disso trabalha por turnos, o que implica que há semanas que não está em casa á noite, e quando está mete-se nos bombeiros de serviço.

 

No namoro, este já era um motivo de discussões, agora já não é motivo de discussões mas sim de um grande stress da minha parte, pois se preciso de alguma ajuda, por vezes não a dá, porque tem os serviços de bombeiros.

 

Neste ultimos fins de semana, ele tem estado os Sábados de serviço, desde as 20h de Sexta até ás 20h de Sábado, mas como estamos em altura de fogos, o estado paga para estarem de prevenção 24horas.

 

Mas é justamente aos fins de semana, que nós temos tempo para estarmos juntos, e com ele nos bombeiros não é possível.

 

Assim não dá, eu trabalho, eu é que vou buscar todos os dias a minha filha, dou-lhe banho, ponho creme,eu é que faço o jantar nosso e dela, dou o jantar á Adriana , lavo a loiça, lavo, estendo, passo a roupa, limpo e lavo a casa, eu é que vou as compras, compro tudo o que ela precisa, é que tomo conta das necessidades dela, mudo as fraldas, visto-a, esterilizo os biberons, fervo as águas......será que era pedir muito que ele desse uma ajuda. Como é que posso ter mais filhos, se ele com uma não me ajuda em nada. Ajudar, não é estar só a brincar com ela.

Ele janta e depois vai para ao pé dela, senta-se no sofá ou deita-se e eu que me lixe.

 

Depois de tudo isto que escrevi ainda tenho que ouvir este comentário do meu marido: " Olha lá vieste hoje almoçar a casa?" sim, disse eu, vai ele diz, "não parece, a cozinha está um caos, deixas-te a loiça por lavar" e eu respondi " e tu não a lavaste? porra, não me digas que não a lavaste, chegaste a casa ás 17h, viste a loiça para lavar e não a lavaste, se eu não a lavei , ao almoço, foi porque não tive tempo"

 

Quando entro em casa, a cozinha estava exactamente como eu deixei, ups.... enganei-me ainda tinha mais loiça - a do lanche do meu rico marido........isto não é para dar em maluca....

 

Ainda por cima a minha mãe foi para o Norte, e ainda me deixou o trabalho de ir dar comer ao gato dela e de ver o correio. Bolas, já estou mesmo a passar-me....

 

 

publicado por famíliateixeira às 11:46

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. E quase 3 meses depois......

. Das festas de fim de ano ...

. O Papá

. Festas de Fim de Ano

. Da Joana

. As festas já se passaram....

. Hoje e Amanhã,

. A Adriana

. No Domingo á noite

. O Papá cá de casa...

.arquivos

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds